A arte em transferir…

  Uma das maiores dificuldades dos professores na atualidade é ensinar aos alunos a interpretação dos textos ou das perguntas a serem respondidas em provas ou tarefas. Pensando nisso resolvi abordar algumas questões que influenciam nesse contexto.

  A Transferência

  Pergunto: Como “aceitar”, compreênder a uma pergunta sobre alguma coisa e vinda de alguém no qual não se tem transferência? Sim, a palavra “transferência” no sentido Freudiano.  No sentido de sentir-se transferido, numa situação de empatia para com o outro.

   Acredito ser uma tarefa baseada na impossibilidade. O que fazer?

Outro dia, substituindo a um professor que era bastante querido pelos alunos, tive a oportunidade de pensar sobre a forma como uma matéria é passada aos mesmos. Assim que cheguei comecei ser testado, como se cada aluno perguntasse:

“Vamos ver se esse professor entrará no meu mundo como o outro professor que consegue nos ensinar ?”

   Essa mesma pergunta poderia ser traduzida assim:

“Veremos se esse professor conseguirá fazer com que o decifremos para que possamos compreendê-lo e assim apreendê-lo para aprender.”

  Como em uma terapia em grupo, onde cada pessoa tem seu lugar cuidadosamente respeitado, propus respeitar a cada aluno em seu modo de expressão, tempo e compreênsão. Escutei e “ouvi” àqueles que não queriam responder à tarefa, acolhi esse desejo, respentei o tempo e a tarefa foi respondida. Acolhi também àqueles que diziam não entender o que  estava sendo pedido e consegui que as respostas saíssem deles ou do grupo aceitando e discutindo sobre o que não estava sendo entendido”. E acolhi àqueles que desejavam responder a mim e não ao texto, sem se darem conta de que respondiam aos dois.

Resultado: Várias formas de responder às questões propostas, todas bem respondidas, nenhuma igual. Foi um bom trabalho, pensei.

Pergunto agora aos orientadores e professores:

  Estamos prontos ao discurso dos alunos, com seu tempo, suas vivências ou queremos sujeitos repetindo textos?

Em breve novas considerações…

Angelo Gustavo V. Lima

Psicólogo CRP 4/32970

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s